Mealheiro #52: Olá, tudo bem?

É bem vindo quem vier por bem

1 ano. 365 dias. 52 semanas a publicar, sem falha, conteúdo sobre finanças pessoais - e não só. Difícil de acreditar (pelo menos para mim), mas aqui estamos.

Quando comecei este projeto, tinha 2 objetivos principais:

  1. escrever um artigo semanalmente durante um ano inteiro;

  2. desenvolver as minhas capacidades de escrita.

Quanto ao primeiro, claramente atingi o que pretendia. Quanto ao segundo? Diria que em parte, mas escrever é difícil! Especialmente quando tenho que pensar em algo para escrever, desenvolver a ideia, e escrever - isto tudo balançado entre trabalho e vida pessoal. Mas tem sido uma experiência fenomenal, sem dúvida.

Visto ter atingido esta meta, é tempo então de abrandar um pouco. Não parar, mas desacelerar. Decidi que vou deixar de ter publicações todas as semanas. No Instagram certamente irei continuar a publicar algumas coisas mais leves, especialmente os memes que vocês tanto gostam.

A post shared by @mealheiro.pt

Isto tudo para poder dedicar-me melhor ao conteúdo que produzo, mas também porque tenho algumas ideias relativamente ao Mealheiro que quero explorar. Assim fico com mais tempo para isso e, acima de tudo, menos pressão.

Dito isto, vou aproveitar este artigo de celebração para fazer algo que já me foi recomendado várias vezes: apresentar-me.


Olá, tudo bem? O meu nome é Guilherme. Tenho 30+ anos e sou minhoto. Engenheiro de formação, contudo dediquei grande parte da minha vida profissional à consultoria na área da tecnologia. Estive emigrado por terras irlandesas durante cerca de 2 anos, e voltei “recentemente” para Portugal - vá, antes da pandemia começar.

Não sou nenhum especialista de finanças. Sempre tive o mínimo de cuidado com dinheiro, acho eu - resultado da boa educação que os meus pais me deram. Sem dúvida que quando era mais jovem gastei mais do que devia, mas gosto de pensar que sempre dentro do aceitável.

Sempre poupei, e sempre tive cuidado com os meus gastos. Especialmente quando comecei a ganhar o meu (penso que isto nos acontece a todos, não é?). Contudo, nunca me preocupei muito além disso.

Só muito recentemente é que comecei a perceber que o meu dinheiro podia estar a fazer muito mais por mim. Aprendi mais sobre o assunto, passei a investir, e a gerir melhor aquilo que será, se tudo correr bem, a minha “almofada” para a reforma.

A ideia para o Mealheiro surgiu, em certa parte, após um projeto que tentei criar e desenvolver quando voltei para Portugal, relacionado com poupanças. Sabiam que os portugueses, no geral, poupam muito pouco? E que, além disso, gastam imenso dinheiro em jogos da sorte?

Anyway… essa ideia encontra-se de momento em stand-by. Contudo, não queria deixar de participar neste espaço. O Mealheiro ajudou-me bastante a perceber mais sobre o tema de finanças pessoais. E gosto de pensar que, em algum momento, me irá ajudar a concretizar a minha ideia original. Veremos!

E pronto, penso que isto é suficiente para saberes um pouco mais sobre quem está por trás deste projeto. Espero que tenhas gostado 😃


Já agora, se tens alguma ideia sobre o que gostarias que ler mais no Mealheiro, dicas sobre como posso melhorar, ou até mesmo dicas sobre ferramentas que posso desenvolver para o site, usa uma das ligações abaixo!

Adorei | Gostei | 50/50 | Meh | Péssimo

É um prazer ter-te desse lado, e obrigado por leres e teres-me acompanhado neste caminho até agora. E, caso ainda não o tenhas feito, não te esqueças de subscrever. Obrigado.